terça-feira, 23 de novembro de 2021

Prof. Rafael José Pôncio - 10 razões para sair da zona de conforto e exercitar a resiliência


Já dizia o ditado, “mar calmo nunca fez bom marinheiro”. Para fazer mudanças na vida e alcançar objetivos e metas, portanto, é necessário explorar novos limites e sair da zona de conforto. 

Essa zona de conforto que, muitas vezes, está disfarçada de estabilidade e gera a falsa sensação de segurança, mas que, na realidade, faz com que movamos por inércia e alimentemos o círculo vicioso do medo de tentar coisas novas e de quebrar padrões estabelecidos em nossa rotina.

A zona de conforto cristaliza a mente e impede o crescimento.

Pensando nisso, quero fazer uma provocação e te desafiar a sair desse território, que pode ser um lugar de comodidade e controle, mas que também pode estar o impedindo de avançar e crescer, seja no âmbito pessoal ou profissional. Neste artigo, listo 10 motivos para você deixar de vez a zona de conforto. Você está pronto?

O que é, afinal, a zona de conforto?

Ao contrário do que muitos imaginam, a zona de conforto, apesar da sensação de segurança e de ser um ambiente familiar, não é um lugar repleto de situações agradáveis e prazerosas. Em muitos casos, pode ser, inclusive, insuportável, mas seguimos nela por hábito ou medo de mudar, ou do desconhecido.  


Isso porque temos a tendência de evitar desgastes, além de sensações de medo e ansiedade. Assim, ficamos presos a hábitos e padrões adquiridos ao longo da vida e que, em certo ponto, tornam-se inconscientes. O problema é que, dessa maneira, perdemos oportunidades de crescimento e podemos até renunciar a vida pela falta de coragem em sair da inércia. 

As consequências de se manter em um estado de letargia e comodidade:

  • Autossabotagem;

  • Estagnação;

  • Prejuízos à saúde, intelecto e espiritualidade;

  • Pouco esforço para evoluir e investir no autodesenvolvimento.

Motivos para sair da zona de conforto e encarar a vida de frente

1. Nenhum resultado será diferente se continuar fazendo sempre as mesmas coisas

Para conquistar objetivos e promover mudanças é necessário encarar incertezas e começar a fazer algo diferente. Não adianta reclamar que as coisas não dão certo se você permanece no mesmo caminho. 


Mas, apesar de ter que lidar com inseguranças e com o risco de falhas, mudar o ponto de vista pode ser extremamente valioso para o crescimento. Afinal, quando enxergamos o mundo a partir de um único ângulo, deixamos de lado outros pontos da realidade, sem nos darmos conta disso. 

2. É uma oportunidade de conhecer as suas potencialidades

Somos capazes de muito mais que imaginamos ser. E sair da zona de conforto proporciona a possibilidade de conhecermos habilidades e competências que possuímos e que estão adormecidas, já que a rotina a qual estamos habituados impõe a lei do menor esforço. Portanto, de que forma elas iriam se manifestar senão diante de uma situação desafiadora, que exige que a gente extrapole os nossos limites? 

3. Possibilidade de expandir a criatividade 

Para desenvolvermos a criatividade, precisamos ser estimulados constantemente. Por isso, para expandirmos a mente, precisamos sair da rotina e do que é habitual e que não exige muita capacidade analítica e intelectual do nosso cérebro, para começar a lidar com situações e estímulos diferentes e, assim, fomentar novas soluções e formular novas ideias. 

4. É uma maneira de eliminar medos e receios que te paralisam

O medo e a insegurança nos impedem de agir. Não agimos porque temos medo e insegurança, que crescem a cada dia e nos paralisam. É um círculo vicioso, já reparou? Quando eu disse que a zona de conforto pode ser insuportável era sobre isso que eu me referia. Por isso, dar o primeiro passo para sair desse território, mesmo que ele seja pequeno e de forma controlada, é a solução para esse medo se dissipar e os receios diminuírem. Muitas vezes, os temores estão apenas na nossa cabeça. 

5. Você conseguirá ser uma pessoa mais flexível

Lidar com situações, pessoas, ideias, lugares diferentes e sair do que é familiar e cômodo para você fará com que você seja uma pessoa mais flexível e adaptável às adversidades e aos diferentes pontos de vista. Isso se reflete ainda no desenvolvimento da habilidade de lidar com circunstâncias mais desafiadoras. 

6. Fortalecimento da autoconfiança

A medida em que a zona de conforto fica para trás e você supera desafios, medos e a própria insegurança, mais fortalecida ficará a confiança em si mesmo. Você passa de fato a acreditar que é capaz de superar limites e a sua autoconfiança se desenvolve gradualmente. É um caminho sem volta!

7. Aumento da vontade de viver 

A vida passa a ser mais interessante quando você enxerga além da sua zona de conforto. Isso porque esse lugar, que no imaginário coletivo pode ser um local de comodidade e estabilidade, na verdade, pode limitar o potencial a ser vivido e fazer com que as pessoas renunciem o crescimento pessoal, profissional e, até a vida.  

8. Possibilidade de melhorar relacionamentos interpessoais

Nesse mesmo contexto de ver o mundo de maneira mais abrangente, essa atitude de mudar o modo de pensar e sair do que é habitual pode ajudar a melhorar relacionamentos — tanto pessoais, quanto no trabalho. Isso é muito importante para quem empreende ou tem um cargo de liderança, por exemplo. 

9. É uma maneira de aprimorar a inteligência emocional

A inteligência emocional é uma das habilidades mais importantes de desenvolver no contexto atual. Nesse sentido, tomar as rédeas da própria vida ao sair da zona de conforto fortalece a capacidade de dominar emoções e se automotivar na busca pelos seus objetivos. 

10. Oportunidade de desenvolver a resiliência

Quando você entende que é capaz de encarar incertezas e desafios, fora da sua zona de comodidade, mesmo com os obstáculos, a sua confiança não será perdida ou abalada. A tendência é o desenvolvimento de uma postura resiliente, em que você se adaptará as situações e encontrará maneiras de superar os percalços e continuar firme em seu propósito.



Em conclusão, gostaria de destacar que, por mais atrativas que sejam as razões para sair da zona de conforto, eu tenho consciência que esta não é uma missão fácil. O nome, certamente, não é por acaso, e deixar um ambiente confortável, que você já está há tempos acostumado é um desafio enorme. Porém, o esforço é necessário se você deseja alcançar suas metas almejadas, evoluir e viver uma vida com mais significado.


Bom trabalho e grande abraço.


Prof. Adm. Rafael José Pôncio



Conheça também:

Como formar e desenvolver uma equipe de alta performance


        Reprodução permitida, desde que mencionado o Nome do Autor e o link fonte.       

Nenhum comentário:

Postar um comentário