domingo, 14 de maio de 2017

Teste da Teoria das 3 Necessidades Adquiridas (por David McClelland)



McClelland (1961) desenvolveu mais uma teoria que busca explicar a motivação dos indivíduos em seu trabalho a partir da satisfação de suas necessidades. Segundo o autor, três tipos de necessidade merecem atenção: as necessidades de realização, as necessidades de afiliação e as necessidades de poder. Essas necessidades são desenvolvidas pelo indivíduo a partir da sua experiência de vida e de suas interações com outros indivíduos e com o ambiente. Essas necessidades existem, em graus diferentes, em todos os indivíduos, de forma que a hierarquia das necessidades, na teoria de McClelland (1961), é individual. Assim, a forma de atuação de um indivíduo no trabalho será determinada pelo quanto o indivíduo é forte ou fraco em cada um desses três tipos de necessidades.

A Necessidade de Realização

É o desejo da pessoa de atingir objetivos que lhe desafiem, em buscar fazer sempre melhor e mais eficientemente, em perseguir a excelência e o sucesso e em obter reconhecimento por suas conquistas. Os indivíduos com alta necessidade de realização escolhem situações que percebem e assumam riscos moderados, onde acreditam que suas habilidades serão suficientes ou que as chances são boas o bastante para que tenham sucesso na realização da tarefa. Esses indivíduos tendem a evitar situações de baixo risco, pois consideram que um sucesso na sua realização não seria autêntico, e situações de alto risco, onde sua percepção os leva a crer que têm menores chances de sucesso. Esses indivíduos buscam trabalhos em que possam obter um feedback regular, para monitorar seu desempenho em direção aos objetivos, e onde lhes é exigida muita responsabilidade, para exercitar suas habilidades. Além disso, pessoas com alta necessidade de realização preferem trabalhar sozinhas a trabalhar em equipe, ou ao menos buscam trabalhar com outras pessoas que também tenham alta necessidade de realização. Por outro lado, pessoas com baixa necessidade de realização tendem a buscar tarefas fáceis, evitar situações de desafio, ou ao contrário buscam tarefas reconhecidamente muito difíceis, de forma que o insucesso se torne menos constrangedor.

A Necessidade de Afiliação

É o desejo que o indivíduo tem de estabelecer, manter ou restabelecer relações afetivas positivas com outros indivíduos. Esta necessidade está intimamente ligada ao desejo de se sentir querido ou aceito. Dessa forma, indivíduos com alta necessidade de associação preferem trabalhos em que haja interações com outras pessoas e valorizam o trabalho em equipe onde haja cooperação, apoio, coleguismo, concordância e coesão entre os membros da equipe. De acordo com o autor, pessoas com alta necessidade de associação estão constantemente em busca por aprovação e por serem considerados propensos ao sucesso por seus colegas. Essas pessoas geralmente escolhem amigos ao invés de especialistas para trabalharem consigo e tendem a evitar decisões impopulares, mesmo que para isso tenham que permitir exceções às regras. Dessa forma, indivíduos com alta necessidade de associação trabalham bem em equipe, mas são deficientes quando em posições de liderança. As pessoas deste grupo tendem a aderir a normas, procedimentos e cultura no local de trabalho e normalmente não alteram as regras por medo de rejeição.

 A Necessidade de Poder
 
É o desejo que o indivíduo tem de possuir o controle dos meios de influenciar outros indivíduos. São pessoas persuasivas, e que possuem uma alta necessidade de poder, tentam se destacar ou causar impacto de alguma forma diante de outros, em detrimento de trabalhar com algo em que possam ter bom desempenho. Por essa razão, tendem a assumir mais riscos, desde que sejam visíveis aos que desejam impressionar. São pessoas que buscam ou disputam posições de liderança, nas quais suas ideias prevaleçam, mesmo que através de ordens e exigências, e com isso consigam status e prestígio. Por fim, pessoas com uma alta necessidade de poder preferem situações competitivas a situações de cooperação, pois para elas é ganhar ou ganhar.

McClelland afirmou que todos nós temos esses três tipos de motivação, independentemente da idade, sexo, raça ou cultura. O tipo de motivação por que cada indivíduo é impulsionado deriva de suas experiências de vida e as opiniões de sua cultura. (MCCLELLAND, 1961; MCCLELLAND & WATSON, 1973).


Implicações para a Gestão:

Pessoas com necessidades diferentes são motivadas de forma diferenciada, e, por isso cabe ao empreendedor e gestor canalizar cada integrante de acordo com o seu perfil.


Na Alta necessidade de realização – As pessoas devem receber projetos desafiadores com metas alcançáveis. Eles gostam de receber feedback frequente. Enquanto o dinheiro não é um motivador importante, é um apenas uma forma eficaz de feedback.


Na Alta necessidade de afiliação – Os indivíduos aqui tendem a executar melhores suas funções em um ambiente cooperativo.


Na Alta necessidade de poder – Devem ter a oportunidade de liderar e influenciar outras pessoas, e, com preferência por situações competitivas.

Teste das Necessidades Adquiridas:

Baseados no estudo do Phd. McClelland, você poderá fazer o teste em si mesmo e da sua equipe, para mensusar cada função em coerência de trabalho.

Leia e responda atentamente cada afirmativa e atribua notas de 1 a 5 de acordo com os seguintes critérios:

1 – Nunca
2 – Poucas vezes
3 – Mais ou menos
4 – Muitas vezes
5 – Sempre

Afirmativas:

1_________ Eu gosto de estar no comando.

2_________ Gosto muito de fazer parte de grupos e organizações

3_________ Eu confronto ou discordo de pessoas que fazem coisas que me desagradam.

4_________ Eu me esforço muito em sempre melhorar o meu desempenho.

5_________ Eu adoro estabelecer e atingir metas realistas.

6_________ Gosto mais de trabalhar em grupo do que sozinho.

7_________ Sinto-me muito gratificado quando termino uma tarefa difícil.

8_________ Eu quero ser benquisto pelas pessoas.

9_________ Gosto de competir e ganhar.

10________ Eu me esforço para ter controle sobre os acontecimentos que me cercam.

11________ Gosto de enfrentar grandes desafios.

12________ Frequentemente eu me pego conversando com meus colegas de trabalho sobre assuntos alheios ao serviço.

13________ Tenho a tendência de estreitar os relacionamentos com meus colegas de trabalho.            

14________ Gosto de influenciar as pessoas para que façam as coisas do meu modo.

15________ Ao terminar uma tarefa, quero sempre saber quanto eu progredi.

Seu Resultado:

Transponha a pontuação que você deu a cada afirmação inserindo-as na coluna correspondente abaixo, mas, certifique-se de que você está transferindo cada pontuação para a coluna certa.

RealizaçãoAfiliaçãoPoder
Afirmativa nº 4Afirmativa nº 2Afirmativa nº 1
Afirmativa nº 5Afirmativa nº 6Afirmativa nº 3
Afirmativa nº 7Afirmativa nº 8Afirmativa nº 9
Afirmativa nº 11Afirmativa nº 12Afirmativa nº 10
Afirmativa nº 15Afirmativa nº 13Afirmativa nº 14
Soma TotalSoma TotalSoma Total

A coluna de maior pontuação indica o seu perfil predominante e o que mais motiva você. 

Analise agora as predominâncias sob cada Necessidade e do seu resultado acendente. 

Pessoas motivadas por Realização
  • Assumem responsabilidade pessoal por suas ações; 
  • Gostam de tomar iniciativa; 
  • Estabelecem metas elevadas, porém realistas; 
  • Procuram realizar o melhor de si mesmo; 
  • Gostam de fazer as coisas de maneira criativa e inovadora; 
  • Gostam de receber feedback para melhorar seu desempenho; 
  • São competitivas; 
  • Assumem riscos moderados (nem fáceis demais ou difíceis demais).

Pessoas motivadas por Afiliação
  • Dão mais importância às pessoas do que às tarefas; 
  • Procuram amizade e aprovação das pessoas; 
  • Desejam relações próximas e amigáveis; 
  • São mais produtivas quando trabalham com outras pessoas num ambiente de cooperação; 
  • Preocupam-se com o bem-estar da equipe; 
  • Interessam-se em resolver conflitos de forma amigável; 
  • Têm empatia com as pessoas e procuram fazer com que os indivíduos gostem delas.

Pessoas motivadas por Poder
  • Procuram exercer influência e controle sobre os outros; 
  • Gostam de impressionar e provocar impacto; 
  • Gostam de ocupar posições de liderança e comando; 
  • São competitivas; 
  • Apreciam prestígio e status; 
  • Assumem riscos elevados; 
  • Sabem persuadir e influenciar as pessoas.

Em relação ao resultado do seu teste poderá, por exemplo, ocorrer um escore que revela uma alta necessidade de Afiliação, média necessidade de Realização e baixa necessidade de Poder. Isto mostra que você é uma pessoa com caráter integrador e de ótima capacidade para coordenar trabalho de grupos.

Outro exemplo é de uma pessoa com alta pontuação em Realização, média em poder, e baixa pontuação em Afiliação. Demonstra que é um indivíduo com espírito empreendedor, com características inovadoras, e poderá ser muito útil para ajudar no crescimento e expansão da organização.

Escores com alta pontuação em Poder, média em Realização e baixa em Afiliação  mostram indivíduos muito determinados, que sabem enfrentar situações de riscos e sentem-se seguros em comandar pessoas, embora com tendência ao autoritarismo o que, eventualmente, poderá provocar conflito na equipe.


Pessoa cujo perfil é alto em Afiliação e alto em Poder significa que ela tem necessidade de ser benquista, mas, ao mesmo tempo, gosta de exercer controle sobre os outros. Nesse caso, muitas vezes, ela poderá sentir algum conflito interno, porque tem que ajustar duas tendências opostas que não se coadunam.


Da mesma forma, uma alta pontuação em Afiliação e alta em Realização, provoca uma dualidade difícil de coexistir, pois coloca em oposição a necessidade de estar em harmonia com o grupo com a necessidade de agir independentemente.


Através do teste psicológico das três necessidades adquiridas (por David McClelland), em caso de havendo incomodo por mudança de caráter individual, poderá a pessoa canalizar aprendizados com foco na necessidade até que habitue e equalize em conformidade com o equilíbrio, mas, lembre-se que cada pessoa é única e inexiste certo e errado, e, jamais um gestor deverá impor ao bel prazer mudanças, porém, poderá beneficiar-se em conduzir para as áreas de trabalhos de acordo com o perfil de cada colaborador.

Tenha um bom trabalho e grande abraço.

Autor:  Adm. Rafael José Pôncio
Publicado em:  14 de maio de 2017
Especial:  Artigos no portal Administradores.com
Link fonte:
https://administradores.com.br/artigos/a-teoria-das-tres-necessidades-adquiridas-socialmente


        Reprodução permitida, desde que mencionado o Nome do Autor e o link fonte.                                                                empretec sebrae

Nenhum comentário:

Postar um comentário