domingo, 29 de novembro de 2020

Prof. Rafael José Pôncio - A importância da persistência no caminho do empreendedor

Entre as características do comportamento empreendedor mais relevantes para se alcançar o sucesso, a persistência se destaca como uma das mais importantes. O que não é nenhuma surpresa. Afinal, o ato de empreender já traz consigo a necessidade de se ter força de vontade e resiliência frente aos diversos obstáculos a serem enfrentados no processo.

Mas, o que é ter persistência? É insistir em algo contra tudo e todos, não importa as circunstâncias? É ignorar os erros e seguir em frente?  

Acredito que, primeiramente, é importante esclarecer o conceito de persistência, para então podermos usá-la ao nosso favor, já que muitos a confundem com insistência e teimosia. Sem dúvida, ela é fundamental na jornada empreendedora. Entenda, portanto, o que é ser um profissional persistente e como ter a persistência como um de seus valores!

O que é ser persistente?

Muitos empreendedores bem-sucedidos têm histórias em que o sucesso só chegou depois de muitos “nãos”, muitas tentativas e muitas frustrações. O que eles têm em comum? A persistência. Não desistiram e seguiram adiante, mesmo quando o resultado não era o esperado. 


Nesse sentido, ser persistente é ter um objetivo e não perder o foco, mesmo diante dos percalços e dificuldades. É ser resiliente e se adaptar aos desafios, ter uma mentalidade flexível. Por isso, ser teimoso e apenas insistir não resolve. É preciso ter sabedoria e humildade para reconhecer quando algo não está dando certo e encontrar maneiras diferentes para fazer acontecer. E não perder a motivação e jogar tudo para o alto quando se deparar com o primeiro obstáculo. 

Como desenvolver a persistência?

É necessário entender que como empreendedor sempre haverá um novo passo a ser dado. Então, desenvolver a persistência é o caminho. Compartilho a seguir algumas estratégias que considero relevantes. 

1. Seja realista e identifique as suas expectativas

Como estão as suas metas? Elas são realistas e condizentes com o mercado? Muitas vezes, o que alimenta a frustração e dificulta a persistência é a junção de metas muito difíceis de serem alcançadas e fora da realidade com expectativas muito altas. Sonhe grande, mas faça um planejamento realista e tenha consciência que resultados levam tempo.

2. Entenda o que lhe motiva

É mais fácil ter persistência quando se tem motivação. Portanto, antes de mais nada, pergunte a si mesmo e liste os motivos de estar se dedicando a esse projeto, a essa ideia, a esse negócio.

3. Mantenha uma atitude positiva

Sabe aquela história de sempre ver o copo meio cheio? Sim, é extremamente difícil manter-se otimista em situações de dificuldade, quando tudo está desmoronando. Mas não consigo ver uma maneira melhor de enfrentar desafios e ser resiliente. Temos como exemplo a questão da pandemia, que foi um balde de água fria para muitos empreendedores. No entanto, apesar das dificuldades, muitos encontraram oportunidades nessa situação tão adversa. 

4. Atente-se ao progresso e ao aprendizado

Erros são inevitáveis, não existe perfeição, por mais que se estabeleça um ideal. Mas qual é a sua postura diante do erro? O importante é não desanimar, nem negar ou ignorar essa falha. Todo erro é uma oportunidade de aprendizado. Foque nisso.

5. Seja flexível e reavalie estratégias

Como já expliquei, teimosia não é persistência. Não adianta insistir no que não está dando certo. Isso só vai deixá-lo mais frustrado e com vontade de desistir. Portanto, em muitas situações, o melhor caminho é se adaptar e recalcular a rota, encontrar novos meios de seguir adiante. Isso dará um novo “gás” para persistir e lutar pelo resultado desejado.

6. Dê valor as suas conquistas

A tendência é que a gente foque só nos desafios e dificuldades, principalmente como empreendedor, já que os resultados positivos podem demorar um pouco a chegar. Mas, e os êxitos? Também é importante celebrá-los. Comemore as pequenas conquistas e o alcance de metas estabelecidas. Isso trará motivação e reforçará o espírito da persistência.


No empreendedorismo, uma boa ideia não é o suficiente. É necessário ter objetivos e traçar metas para alcançá-los. No entanto, sem a persistência é muito fácil desistir no primeiro degrau da escada. Por isso, jamais perca o foco ou deixe de persistir!


Bom trabalho e grande abraço. Prof. Adm. Rafael José Pôncio




Conheça também:

Como ter mais eficiência? Saiba como entregar melhores resultados no trabalho


        Reprodução permitida, desde que mencionado o Nome do Autor e o link fonte.       

Nenhum comentário:

Postar um comentário