sexta-feira, 15 de julho de 2016

Para ser um empreendedor criativo, o automático é ruim


Saiba o porquê ser um empreendedor criativo é essencial para ter sucesso no mundo dos negócios


Quando você pensa em empreender, considera a criatividade uma habilidade essencial para o sucesso do seu negócio?

Muitas pessoas pensam que a criatividade e o empreendedorismo não andam de mãos dadas. 

E isso é uma visão bastante equivocada. 

A criatividade é uma habilidade essencial para quem quer ser um empreendedor de sucesso.


Por exemplo, no mundo globalizado em que vivemos, o consumidor tem acesso a diversos tipos de produtos, variando em tipo, qualidade e de qualquer lugar do planeta.

Então, o que um empresário faz em um mercado inundado de produtos? Como podemos fazer um produto se destacar dos demais?

Uma mente criativa responde a todas essas perguntas porque a criatividade nos ajuda a pensar em como melhorar as práticas comerciais existentes.

Se você quer saber a importância de ser um empreendedor criativo, e como desenvolver a criatividade para implementá-la no seu negócio, continue lendo esse artigo.

O que é ser um empreendedor criativo? 


A palavra criatividade indica a capacidade de criar, inovar, inventar em qualquer campo do conhecimento humano.

Ou seja, ser criativo é utilizar a inteligência e a capacidade de imaginação de forma original para solucionar problemas. 

A criatividade transforma a realidade em que vivemos e nos leva a alcançar áreas nunca antes exploradas. 

No mundo do empreendedorismo, a criatividade é o que conhecemos como “pensar fora da caixa”.

Usando a sua capacidade criativa, um empreendedor,  frequentemente, consegue elaborar soluções que possibilitam a empresa a otimizar processos, economizar recursos, ou a criar produtos que aumentem o seu lucro.

Um exemplo de um grande empreendedor criativo que a maioria de nós conhecemos foi o Steve Jobs.

Jobs revolucionou a maneira como vivemos com as suas criações na Apple após uma ideia de integrar computador, tela e teclado num só lugar. 

"Criatividade é apenas conectar as coisas", disse Steve Jobs a revista Wire Red.

Mas, ser um empreendedor criativo não se trata apenas de conectar ideias. 

É preciso também ser capaz de se adaptar a novas circunstâncias, navegar pela incerteza e encontrar soluções à medida que os problemas surgem.

Por que a criatividade pode te levar ao sucesso?


Já vimos que a criatividade permite que o empreendedor consiga arranjar soluções inovadoras que, consequentemente, irão melhorar a vida das pessoas e aumentar os lucros.
Segundo pesquisa StateofCreate, realizada pela Adobe, as pessoas que se identificam como criativas têm uma renda 13% maior do que as não-criativas.

Mas o que exatamente torna a criatividade tão crucial e importante na vida profissional de um empreendedor?

1) Vantagem sobre a concorrência 


Quando o empreendedor é capaz de gerar novas ideias que sejam viáveis e eficientes, isso dá a ele uma vantagem competitiva.

Se todos estiverem fazendo algo da mesma maneira, o pensamento convencional o conduzirá ao mesmo processo.

Você tem que pensar criativamente e desafiar os procedimentos padrões se quiser ter sucesso.

2) Novas formas de desenvolver seu produto e melhorar o negócio.

A criatividade ajuda a desenvolver novas maneiras de melhorar um produto ou serviço existente e otimizar um negócio.

Sempre há espaço para melhorias nas entregas de uma empresa; é o empreendedor criativo que pode avaliar como fazê-lo.

3) Desenvolver novos nichos por meio da criatividade e do empreendedorismo. 

Alterar o método de fabricação do produto ou entrega do serviço ou como eles são fornecidos ao usuário, por exemplo, podem criar um nicho com grande potencial de negócios.

Então, como ser um empreendedor criativo?


Você deve estar se perguntando:

Como vincular a criatividade com o empreendedorismo?

Pois, para que isso aconteça, o empreendedor criativo precisa desenvolver duas habilidades essenciais: 

  • Ter a capacidade criativa de imaginar e criar algo inovador;

  • Conseguir tangibilizar sua ideia em um negócio lucrativo.


Por isso, não basta ter uma ideia, é preciso colocar a mão na massa. É preciso dar vida a essas ideias criativas em um ambiente de negócios. 


É necessário que o empreendedor avalie os requisitos de como executar uma ideia, analisando os recursos disponíveis versus os necessários, como estabelecer uma nova empresa e como gerenciá-la, por exemplo.

Todos nós temos dezenas de boas ideias ao longo do dia, não é mesmo?

Mas quantas delas nós executamos?

Pois é, não basta termos boas ideias, é preciso desenvolver a capacidade de tirá-las do papel. 

E como saber se sua ideia está no caminho certo?


A criatividade requer um pouco de estrutura para uma execução bem-sucedida. Mas não seja muito rígido, saiba mudar de direção quando necessário. 

Aqui estão algumas etapas essenciais para desenvolver um projeto criativo:

O primeiro passo é o planejamento de algumas ideias básicas que ofereçam uma solução para um problema. 

Tenha um momento para colocar várias ideias na mesa.

Faça pesquisas em todas as direções para encontrar uma solução inovadora ao problema inicial.

O segundo passo é a implementação da sua ideia. Essa é a hora de tirá-la do papel e experimentá-la no mundo real.

Faça experiências com a sua ideia. Afinal, nem tudo funciona para todos.

Este estágio determina se a solução “encontrada” tem potencial para funcionar ou não.


Caso nada dê certo nesse primeiro passo, descarte e volte para o planejamento.

Mas, tenha em mente que nem tudo irá correr conforme o planejado. O importante é não desanimar.  

Com isso, chegamos ao terceiro passo. Aprender com a experiência.

Saber aprender com os erros é essencial para desenvolver novas ideias. 

Descarte aquilo que não deu certo, siga com o que deu e melhore aquilo que precisa ser otimizado.

O empreendedor criativo pode trazer a solução para muitos problemas que enfrentamos atualmente.


Ele traz ideias inovadoras que mudam a forma como o mundo funciona.

Possibilita também que um empreendimento criativo tenha sucesso no mercado.

Por isso, criatividade e empreendedorismo estão intimamente relacionados e andam de mãos dadas.

Contudo, para ser um empreendedor criativo de sucesso, o pensamento deve ser feito de forma consciente e planejada para apresentar as ideias mais viáveis.

Agora que você já sabe da importância da criatividade para o seu negócio, e os passos para tirar suas ideias do papel, invista no processo criativo e faça sua empresa crescer!

Bom trabalho e grande abraço.

Adm. Rafael José Pôncio


        Reprodução permitida, desde que mencionado o Nome do Autor e o link fonte.         

Nenhum comentário:

Postar um comentário