terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Prof. Rafael José Pôncio - Conheça as estratégias para alcançar abundância e prosperidade nos negócios e na vida


Para você, o que significa ter prosperidade? Acredita que ela está relacionada somente à questão financeira e ao fator material? E por que você deseja atrair prosperidade e abundância para a sua vida? Essa é uma reflexão importante. Na maioria das vezes, as pessoas desejam a prosperidade sem compreender ao certo como esse conceito pode impactar suas vidas e negócios. Na realidade, ser próspero tem um significado muito mais abrangente e vai além de uma boa condição financeira. Está atrelado a um estado de espírito e completude. Acredito que, para melhor compreensão, precisamos fazer uma análise profunda sobre a nossa concepção de prosperidade, entendendo a relação entre escassez e abundância. É o que busco neste artigo. Além disso, é importante interiorizar mudanças e praticar ações rumo a esse objetivo de conquistar prosperidade e abundância. Por isso, destaco algumas estratégias que considero válidas. Confira!

Desmistificando o conceito de prosperidade do senso comum

Antes de qualquer coisa, é importante entendermos que a riqueza material deve ser encarada apenas como um componente da prosperidade. É possível ser milionário e não ser próspero, entende? 


A máxima de que o dinheiro não traz felicidade pode até ser clichê, mas quando falamos de prosperidade precisamos ter em mente que ela se relaciona a vários fatores que contribuem para se alcançar a satisfação pessoal, a plenitude e a paz de espírito. 


Quem conquista a verdadeira prosperidade sabe dar ao dinheiro o seu devido valor (com o perdão do trocadilho), e o enxerga como recurso para usufruir de confortos e ter boas possibilidades na vida, mas compreende que a prosperidade deve estar atrelada a algo maior, com mais significado. De outro modo, são grandes as chances de ter uma vida vazia.

O paradigma da abundância e escassez

Nesse contexto de atrair a abundância e da busca por uma vida próspera, a complexidade do mundo nos faz deparar com a questão do paradigma da abundância e da escassez. O que significa isso? 


Que diante das possibilidades podemos ter dois tipos de postura ou “mindset”: a de que não há oportunidades, recursos e possibilidades de uma vida próspera para todos — a escassez; e um cenário no qual as possibilidades e oportunidades são infinitas — ou seja, de abundância. 


A questão é que vivemos em uma espécie de batalha entre os dois mindsets e, se desejamos atrair prosperidade e abundância, é necessário ficarmos atentos a isso e focarmos na mentalidade mais otimista, de crescimento, buscando ir além. Esse tipo de pensamento é importante ainda para a condução dos negócios e disseminar essa cultura em uma empresa pode contribuir para o seu crescimento.  

Passos para atrair a prosperidade e a abundância

Implementar mudanças em nossas vidas não é uma tarefa fácil, ainda mais quando alteram antigos padrões e maneiras de enxergarmos o mundo. Porém, elas são necessárias se desejamos uma vida mais próspera e abundante. Confira a seguir algumas dicas para prosperar.

1. Fuja do papel de vítima e de injustiçado

Assuma a responsabilidade pela sua trajetória e pare de se vitimizar, colocando-se em um lugar de frustração e culpabilizando terceiros pelas coisas que não dão certo para você. Se deseja alcançar objetivos, assuma o controle pelas suas ações, acredite nas suas capacidades e exerça todo o seu potencial. 

2. Faça um planejamento de metas e objetivos

Se a parte financeira também faz parte de uma vida próspera, é fundamental se organizar e fazer um levantamento de gastos e entender quais são as suas principais despesas. A partir daí, fazer um planejamento financeiro, traçar metas e objetivos claros e concretos para que você visualize aonde quer chegar. Ter um plano do que se quer realizar é importante para atingir a prosperidade.

3. Encontre propósito e plenitude

O que te faz se sentir completo, motivado e realizado? O que te traz satisfação pessoal? Encontrar o seu propósito e o seu papel no mundo é importante para se alcançar uma vida próspera e abundante de verdade. Você precisa estar bem consigo mesmo e ter a tranquilidade de uma vida plena, caso contrário nem todo o dinheiro do mundo preencherá o vazio existencial que poderá lhe abater. 

4. Não deposite a felicidade em bens materiais 

É comum que as pessoas, ao desejarem a prosperidade, visualizem a realização em bens materiais. É aquela ideia de “quando eu tiver isso, ou aquilo, serei feliz”. Além disso, muitos associam o ter com aquilo que somos em essência, ou seja, para ser é preciso ter. Como se o dinheiro fosse trazer algum tipo de completude. 


Nisso, uma vida é perdida enquanto “vazios na alma” não podem ser supridos com o último carro ou bolsa da moda. É importante ter em mente que compras e bens materiais podem trazer uma sensação de realização por um curtíssimo espaço de tempo. E o que fazer depois que a euforia passar?

5. Pratique o altruísmo, o desapego e a doação

O que você pode compartilhar? Quem faz o bem, atrai o bem. A prosperidade faz parte de um fluxo contínuo. Por isso, além de se desprender dos bens materiais, faça doações, pratique o altruísmo. E doação não precisa ser só de dinheiro ou de algo tangível. Doe tempo, carinho, atenção e habilidades. 

6. Tenha resiliência

Para alcançar a prosperidade e a abundância, não basta somente desejá-las, é preciso conquistá-las. E o caminho não será fácil. Você certamente lidará com obstáculos e frustrações e passará por altos e baixos. Nesse sentido, desenvolver a resiliência é fundamental para que você se reestruture quando as coisas não ocorrerem como o planejado, quando você não encontrar sentido, ou quando as áreas da sua vida não convergirem. 


Muita gente passa a vida buscando prosperidade e abundância, principalmente a prosperidade financeira como fonte primária. Porém, o mais curioso é que poucas se atentam para a necessidade dessa “mudança de chave”. Para alcançar a prosperidade, é essencial encará-la de outra forma. De outro modo, tudo é em vão, por mais dinheiro e bens materiais que se conquiste. Afinal, não é tudo que o dinheiro pode comprar. Existem várias coisas que não dá para passar no cartão de crédito, não é verdade? Eu mesmo já estive no limiar da morte em hospital quando sofri um traumatismo craniano e neste momento eu só queria as pessoas que amava e recuperar o tempo perdido por ter sido ausente, por conta do excesso de foco nos bens materiais. Bom trabalho e grande abraço.


Prof. Adm. Rafael José Pôncio





Conheça também:



        Reprodução permitida, desde que mencionado o Nome do Autor e o link fonte.         

Nenhum comentário:

Postar um comentário